post

“Muitos recusam-se em acreditar que as atuais políticas energéticas levam ao uso excessivo de culturas e árvores para a bioenergia. No entanto, há uma ampla evidência de que esta é uma área onde “boas intenções“ foram “más“. Enquanto alguns estão familiarizados com as notícias da Indonésia (desmatação de florestas tropicais para plantações de óleo de palma) ou dos EUA (devastação florestal nos estados do sul para a lucrativa indústria de pellets), a maioria das pessoas ficará surpresa ao saber que existem cenários semelhantes aqui mesmo na Europa – desde as florestas do leste da Eslováquia até às das Ilhas Canárias.” 

O Livro Negro da Bioenergia coloca em destaque 8 casos que desmascaram os culpados por trás da aldrabice do carbono da bioenergia. Estes casos – ocorrem na Europa ou estão ligados aos consumidores europeus comerciais e domésticos – não são exemplos isolados de práticas abusivas invulgares. As amplas investigações no terreno e pesquisas com base em diversas fontes locais e internacionais, mostraram que esses casos são indicativos de “má bioenergia“ generalizada.

 

Descarregue aqui a versão digital