post

O projeto iZ – Jovens Detetives Ambientais, cujo prazo de inscrições decorreu entre 1 e 15 de novembro, despertou o interesse de crianças e jovens de todo o país, resultando num total de 160 inscrições, entre individuais e em grupo, que abrangem cerca de 700 jovens detetives acompanhados por 60 professores e 32 encarregados de educação.

No total, o projeto irá envolver a participação de mais de 30 escolas.

O projeto iZ convida crianças e jovens dos 8 aos 13 anos a tornarem-se detetives, durante o ano letivo 2018/2019, e a conhecerem de perto a realidade de um rio ou ribeira, localizado nas proximidades de casa ou da escola, através de uma “investigação ambiental”.

Este projeto, que para já fica marcado pelo sucesso na adesão do público-alvo, irá agora ter o seu desenvolvimento em três fases:

  • a disponibilização de uma exposição itinerante sobre a temática dos rios e ribeiras;
  • uma apresentação, sobre a mesma temática, realizada em sala de aula; e
  • uma componente prática em que os alunos são convidados a ir para o terreno “investigar” as características de um curso de água.

A ZERO espera com este projeto despertar nos participantes uma maior consciência acerca da importância dos recursos hídricos e um maior conhecimento sobre a relação causa-efeito que as atividades humanas têm sobre a qualidade e a disponibilidade desses mesmos recursos.

Este projeto é apoiado financeiramente pelo Fundo Ambiental e desenvolve-se no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental.