post

No âmbito da parceria entre o grupo Freudenberg, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável e a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Lisboa (FCT-UNL), ficou estabelecido realizar ações de recuperação do coberto vegetal autóctone em cerca de 21 hectares (ha) percorridos por incêndios nas Matas Nacionais sob gestão do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P. (ICNF). A iniciativa, que decorrerá nas épocas de 2018/2019 e 2019/2020, conta ainda com a colaboração ativa do ICNF que indica as áreas potenciais de intervenção, presta apoio nas ações de voluntariado e no armazenamento de plantas e materiais, entre outros tipos de cooperação.

Na primeira época (2018/2019) plantaram-se 5.712 árvores/arbustos autóctones em cerca 9,612 hectares (ha) na Mata Nacional de Leiria (MNL), sendo os restantes 11,388 ha intervencionados até março de 2020. A plantação teve início a 09/02/2019 e terminou a 26/02/2019.

A monitorização e avaliação dos resultados das intervenções a realizar será assegurada pela FCT-UNL e compreende, nomeadamente a determinação da taxa de mortalidade das plantas instaladas e a tentativa de identificação das causas da morte.

Para mais informações sobre o projeto e sobre a primeira época de execução das ações no terreno ficam abaixo os documentos – versões em português e inglês – para consulta.

Descarregar o Relatório (em português)

Descarregar os Anexos ao Relatório (em português)

Descarregar o Relatório (em inglês)

Descarregar os Anexos ao Relatório (em inglês)

Parceria: