post

ZERO monitoriza pegada ambiental do evento em Viseu

A ZERO está a colaborar ativamente com a Direção Geral da Educação para que os Campeonatos Nacionais de Juvenis, a realizar a Viseu, de 17 a 20 de maio, e que envolvem diretamente mais de três mil atletas no âmbito do Desporto Escolar, possam ser os primeiros a serem sujeitos a uma monitorização e avaliação da pegada ambiental. Já este ano, serão introduzidas algumas melhorias ao nível da mobilidade, com a utilização de veículos elétricos pela organização, com o apoio da Renault, e ao nível da redução na produção de resíduos com a distribuição de cantis pelos jovens participantes, para evitar a produção de centenas de quilos de plástico com consumo de água engarrafada, com a colaboração do Grupo Águas de Portugal.

Sendo estes eventos desportivos escolares iniciativas com a missão de promoção de valores e princípios associados a uma cidadania ativa, são sem dúvida espaços privilegiados para a transmissão de preocupações ambientais num contexto de salutar competição. Espera-se que a promoção de atitudes e comportamentos ambientalmente sustentáveis possam vir a ser replicadas no dia-a-dia, em iniciativas individuais ou coletivas, por parte de todos os participantes.

No entanto, será em 2019 que, após a avaliação dos dados relativos consumos e práticas existentes (alimentação, água, energia, transportes, resíduos, etc.), serão adotadas diversas medidas para a redução da pegada ambiental do evento, como, por exemplo:

  • diminuir o consumo de proteína animal, ao mesmo tempo que se garante que a mesma tem origens mais sustentáveis (local, modo de produção biológico),
  • diminuir da utilização do plástico de utilização única a níveis mínimos e o não recurso ao descartável – consumir água da torneira às refeições em vez de água engarrafada em embalagens de plástico,
  • evitar o uso de vasilhame que não seja de vidro retornável
  • evitar o uso das bases em papel no tabuleiros, não usar palhinhas, talheres, pratos, copos de plástico e não utilizar invólucros de papel/ou plástico para acondicionar os talheres e os guardanapos, e ainda.
  • escolher o próximo local de realização dos campeonatos em função da disponibilidade de transportes coletivos.

Foto: DGE