post

Objetivo é promover a melhoria ambiental do ciclo de vida do automóvel

A ZERO lança hoje uma campanha de informação e sensibilização dos condutores e das empresas, visando a prevenção e reciclagem dos resíduos dos automóveis, ao longo de todo o seu ciclo de vida.

Através desta campanha pretende-se, em primeiro lugar, divulgar um conjunto de práticas de condução e manutenção dos automóveis que permita prolongar o tempo de vida das diversas componentes das viaturas, reduzindo a produção de resíduos, para além de se alcançarem poupanças económicas para o seus utilizadores.

Numa segunda fase da campanha será divulgada informação específica sobre boas práticas para a gestão dos resíduos dos automóveis, de forma a potenciar a sua reutilização e reciclagem.

Esta campanha conta com o apoio das diversas entidades gestoras dos fluxos de resíduos em causa, nomeadamente a Sogilub, a Valorcar e a Valorpneu.

 

Reutilização e Reciclagem

As informações a divulgar sobre a gestão de resíduos vão abranger diversas temáticas, tais como:

– O veículo em fim de vida (onde entregá-lo e abater a matrícula legalmente)

– Os pneus (recolha, recauchutagem e reciclagem)

– Os óleos lubrificantes (recolha do óleo e o processo de regeneração industrial dos óleos usados)

– As baterias (entrega em operador legal e processo de reciclagem)

– As peças automóveis usadas (aquisição de peças em operadores licenciados)

– A reciclagem de outras componentes dos automóveis (metais, vidros, plásticos, etc)

 

Impacte ambiental dos resíduos dos automóveis

Segundo Rui Berkemeier, da ZERO, “Os automóveis, ao longo do seu ciclo de vida, geram diversos tipos de resíduos, alguns dos quais são perigosos para a saúde e/ou o ambiente, como é o caso do próprio veículo em fim de vida, dos óleos usados, das baterias ou dos fluídos do ar condicionado. Todos eles devem ser devidamente recolhidos e sujeitos a um tratamento adequado”.

No caso dos óleos usados, trata-se de um resíduo perigoso, sendo que 1 litro de óleo pode contaminar cerca de 1 milhão de litros de água.

As baterias possuem metais pesados e ácidos que, quando descartados no ambiente, provocam poluição da água e do solo.

Os pneus, quando são depositados ilegalmente, geram um impacte negativo na paisagem, mas também são um veículo de propagação de mosquitos devido à acumulação de água da chuva no seu interior.

Os fluídos refrigeradores do ar condicionado dos automóveis quando não recolhidos, acabam por ser libertados para a atmosfera contribuindo para o aumento da temperatura do planeta.

No entanto, quase todos estes resíduos, quando devidamente recolhidos, podem ser reutilizados ou reciclados, dando, assim, um contributo para a economia circular, o combate às alterações climáticas e a poupança de recursos do planeta.