post

O Movimento “Escolas Sem Amianto”, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável e o Agrupamento de Escolas de Portela e Moscavide vão organizar, no próximo dia 10 de setembro, no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Secundária da Portela, a Conferência “Amianto na Escola: causas, consequências, soluções”.

O evento, que decorre entre as 14h00 e as 18h00, junta reputados especialistas nacionais na problemática do amianto, nomeadamente Elena Raymundo, médica pneumologista, Filipe Antunes, engenheiro do ambiente, Íria Roriz Madeira, arquiteta, e Jorge Santos, químico, e contará ainda com um debate com deputados e representantes dos vários partidos com assento parlamentar: Joana Mortágua (BE), Ana Rita Bessa (CDS-PP), Pedro Ventura (PCP), Mariana Silva (Os Verdes) e Cristina Rodrigues (PAN).

“O objetivo é chamar a atenção para esta problemática tão importante que existe ainda em muitas das nossas escolas e colocar o assunto na ordem do dia, nomeadamente através do debate que vai ser protagonizado por deputados dos vários partidos com assento parlamentar”, explica André Julião, coordenador do Movimento “Escolas Sem Amianto”.

“Pelo facto de se ter proibido o amianto o problema não se eliminou, ainda existe muito amianto. Deve ser feito o levantamento dos materiais contendo amianto ainda existentes nas escolas públicas, não intervencionadas, para resolver de vez este problema, uma oportunidade única para fazer bem aquilo que tem de ser feito”, aponta Rui Berkemeier, da associação ZERO.

“Importa mostrar à comunidade política que o amianto é um material comprovadamente perigoso e que pode ser muito prejudicial para a saúde de toda a nossa comunidade escolar”, sublinha André Julião.

“Embora o formato mais comum de identificação do amianto sejam as telhas em fibrocimento, a verdade é que existem materiais nas nossas escolas com uma percentagem de amianto bem maior e que podem constituir um perigo muito mais acentuado. É necessário garantir que as intervenções contemplam todos os materiais contendo amianto”, revela Íria Roriz Madeira, da organização e associação ZERO.

A entrada na Conferência “Amianto na Escola: causas, consequências, soluções” é livre, mas sujeita a inscrição prévia. As inscrições podem ser feitas online, através do seguinte formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfmZcGiipSQqtvqXIw9CzJTx3t5-XUv3Dz-S07t9eXBP1O-dg/viewform?usp=sf_link