post

Curta documentário sobre o abandono da atividade salineira na Figueira da Foz. As salinas tradicionais estão a desaparecer por desinteresse das políticas públicas, antevendo-se impactes negativos sobre a biodiversidade, a destruição de um legado cultural e de uma atividade económica sustentável. Teme-se agora, quando se encontra em consulta pública o Plano para Aquicultura em Águas de Transição, que a conversão de salinas para tanques de piscicultura destrua o que resta da atividade salineira nas áreas classificadas.

Intervenientes José Brito, Marina Seco, António Azenha, Olípio Antunes. Autoria, imagem e som de Paulo Lucas. Montagem e correção de cor: Maria Duarte. Captação de som ambiente: Cláudia Esteves. imagens e som captados em agosto de 2018.